PERGUNTA

Querido Domingos, tudo bem? Tenho uma pergunta:

Como é o processo evolutivo da alma, desde o nascimento até sua reunificação com o Criador?

Muito obrigada! Abraços,

Christina

RESPOSTA

Oi Christina! Tudo bem, grato e aí?

Antes de tudo, Christina, devo salientar que as minhas informações que se seguem, nada têm a ver com religiões ou religiosismos de qualquer espécie! São informações que recebi e recebo como respostas às perguntas que já fiz e faço aos meus queridos amigos ETs, que me acompanham desde minhas reencarnações anteriores aqui na Terra!

Peço a você que, se puder, as traduza para o Inglês e informe no nosso site e que, você possa ter sua remuneração merecida por esse seu magnifico trabalho OK?

Temos que partir do princípio, baseando-nos no nascimento, há milhões de anos atrás, do nosso planeta Terra!

É desta forma que recebo as informações:  GENESIS MODERNA YEZZI:

No início, a Terra, não possuía habitat adequado para a formação de um ser humano. Passados milhares de anos e após grandes transformações, surgiram as chances do nosso habitat começar a receber os seres humanos, que, antes de passarem também por grandes transformações, mesmo ainda não estando com seus corpos verticalizados como atualmente, já recebiam as pulsações do Núcleo Central Cósmico, que emitia as centelhas de vida (espíritos) sobre cada um deles! Desta forma, o chamado homo sapiens já estava sendo dotado de alma, apesar de não ter desenvolvido naquele momento o sentido ou a faculdade de raciocínio lógico. Eram, portanto, animalescos, e aqui está um exemplo de que os nossos modernos animais possuem uma alma, mas não um raciocínio lógico, porém, adquirem o sopro de vida vindo do Núcleo Central sobre cada um deles!

Desta forma, durante centenas de anos, aquele ser rude, animalesco, continuou vivendo como podia e como o habitat da época o permitia, até que seres mais evoluídos de outros planetas vieram até eles e aplicando-lhe as chamadas “injeções morfológicas”, que consistem em eles copularem com as mulheres terrestres e os homens terrestres copularem com as mulheres extraterrestres, e os frutos desses cruzamentos voluntários darem origem à novos seres terrestres que prosseguiriam com suas vidas e progresso mais racional para as novas gerações tanto aqui na Terra como nos planetas de fora da Terra! Desta forma, tanto os DNAs moleculares como os DNAs espirituais são transferidos para os novos seres, fisica e mentalmente. Seguem-se mais centenas de anos de depuração e melhoramento do conjunto psicossomático, resultando em sensível evolução do ser humano como um todo, como raça e biologicamente. Entretanto, devido ao habitat terrestre ser um tanto rústico, dá margem à grandes falhas de comportamento, gerando um ser tendencioso aos vícios e crimes, à guerras, a muitos tipos de doenças físicas e mentais, muitas pandemias seculares com a contaminação e a destruição de grande parte da sua humanidade, deixando os seres mais evoluídos de outros planetas “de mãos amarradas” e que nada podem fazer para auxiliar pois correm o risco de se contaminarem também, pois muitos deles são de carne e osso como nós, diferindo apenas no biotipo e nas funções fisiológicas!

Dependendo do habitat que a alma foi “cair” ou escolheu para habitar, sendo atrasado como é o nosso terráqueo, leva muitos anos para que a alma possa almejar subir para patamares de planetas superiores e muitos milhares de anos para ela retornar ao Criador, ou como nós o chamamos, Núcleo Central Cósmico! Portanto, tem que haver progresso positivo para a alma e seu habitat, para que ela almeje retornar ao Criador!

É justamente essa alma quem vai escolher seu caminho de ascensão e somente ela poderá optar em permanecer no seu atual estágio evolutivo ou seguir para patamares mais evoluídos!

A Centelha (a alma) quando sai do Núcleo Central, sai completamente crua, bruta e sabe que não mais retornará ao seu centro criador, ou seja assim como um raio do Sol sai do Sol e segue para os planetas nunca mais retornará a ele, e, conforme sou informado pelos meus amigos Ets, esses raios solares retornam a ele em poucas ocasiões, quando ocorrem as tais “manchas solares” que são resultados dos espelhos que cada planeta se transforma e faz os raios retornarem a ele, chocando-se com os raios que estão sendo emitidos e formando aquelas gigantescas manchas que o nosso Galileu Galilei catalogou, que são oriundas desses choques, dos raios que saem com os raios que retornam ao Sol!

E assim, antes do possível retorno ao Criador, a alma deve esgotar todas as suas chances e possibilidades de “viajar” por planetas superiores e suas humanidades altamente evoluídas! Há um caminho muitíssimo longo, cheio de percalços e de descidas e subidas, antes da alma retornar ao Criador!

Abraços.

DYezzi::., São Paulo – Brasil